top of page
  • Foto do escritorCoris Vascular

Aneurismas da aorta

Os aneurismas de aorta ocorrem quando há uma dilatação de uma artéria em mais de 50% do seu diâmetro esperado. Essa condição geralmente é silenciosa e apresenta um crescimento lento, o que dificulta o diagnóstico precoce. A aorta abdominal, a maior artéria do corpo humano, é comumente afetada por essa condição, podendo levar a um quadro de dor abdominal e uma sensação de pulsação na região abdominal.


Alguns fatores de risco incluem idade acima de 60 anos, ser do sexo masculino, tabagismo, hipertensão arterial sistêmica, aterosclerose, distúrbios do colesterol, histórico familiar e fatores genéticos. É importante reconhecer os fatores de risco e fazer uma busca ativa nos pacientes mais suscetíveis, principalmente em homens tabagistas com idade acima de 65 anos.

A ruptura do aneurisma de aorta costuma ser fatal e, por isso, é crucial que o diagnóstico seja feito precocemente. O tratamento definitivo é geralmente considerado para aneurismas maiores que 50mm para a aorta abdominal e 60mm para aorta torácica descendente. Existem duas alternativas para o tratamento: cirurgia convencional ou endovascular.


A quase totalidade dos aneurismas da aorta pode ser tratada de forma menos invasiva com a interposição de endopróteses. Embora seja menos invasivo e apresente alta taxa de sucesso, o paciente deve manter acompanhamento pelo resto da vida, pois os dispositivos utilizados para o tratamento exigem vigilância contínua. É importante salientar a necessidade do tratamento ser realizado em centros dedicados de alta complexidade e com equipe experiente. Saber transitar entre a cirurgia convencional/aberta e a endovascular também é essencial para não limitar as possibilidades terapêuticas e oferecer sempre a melhor alternativa para cada paciente.

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Prevenção de doenças arteriais

A doença arterial afeta as artérias em diferentes locais do corpo, podendo ser causada por diversas condições, como a aterosclerose. A prevenção é crucial, pois o tratamento em estágios avançados pode

Pé diabético

O "pé diabético" é um conjunto de modificações no pé de pacientes com diabetes, que pode levar a complicações graves, como amputações. A neuropatia e a arteriopatia são as principais causas, afetando

Doenças das Carótidas

As artérias carótidas são vitais para a circulação sanguínea no cérebro, uma vez que transportam o sangue para esta região através de um trajeto ascendente no pescoço. Os atletas estão familiarizados

Comments


bottom of page